Juste un Clou

Poderosa e excepcional, a pulseira Juste un Clou inspira artistas digitais.

Foi nessa rede social criativa que a Cartier selecionou artistas escolhidos por milhares de seguidores, cujas performances, das mais irreverentes às mais poéticas, estão em sintonia com a energia rock de Juste un Clou. Fotógrafo, pintor, videasta, artista plástico, todos têm carta branca para reinterpretar Juste un Clou de Cartier. Uma colaboração livre que produz imagens ultra exclusivas, gráficas, românticas, excêntricas, vindas de Dubai, Londres, Paris, Berlim, Nova York, Xangai ou Hong Kong.

 

 

Judith Supine

Judith Supine

BIOGRAFIA
Judith Supine é um artista que mora e trabalha no Brooklyn, NY. Ele só começou a falar pouco mais de um mês após o seu aniversário de dezessete anos. Ele não conseguia articular fisicamente as palavras, só sabia guinchar e grunhir. Supine costumava desenhar para se comunicar com a família. Sua mãe guardou todos os seus desenhos, um dos muitos motivos que a tornam uma pessoa incrível. O artista trabalha basicamente usando materiais reciclados. Ele usa estiletes de precisão, cola em bastão e tintas baratas e feias. O artista encontra a sua matéria-prima no lixo, na biblioteca pública, nos escritórios de dentistas ou na coleção de revistas da sua irmã mais nova.

ABORDAGEM DO PROJETO JUSTE UN CLOU
Todas as manhãs, eu atravessava a Williamsburg Bridge. No começo, eu fantasiava que iria instalar uma escultura Juste un Clou no topo de uma das torres. Eu queria criar pequenos mundos mágicos.

ANEDOTA/HISTÓRIA DO TRABALHO
Eu criei uma escultura suspensa do meu pai usando um biquíni. Ao meio dia de um domingo, fui nadar no East River. Meu irmão segurava uma corda para me puxar de volta para a margem. Ele soltou a corda, e a correnteza me levou rio abaixo.

DEFINA A JUSTE UN CLOU EM UMA PALAVRA
Poder

 

 

CURTIS KULIG

Curtis Kulig

BIOGRAFIA
O artista Curtis Kulig mora e trabalha na cidade de Nova York. Há 10 anos, o seu apelo pessoal cheio de futilidade e ironia, “Love Me”, se tornou parte do tecido urbano da cidade e a mensagem acabou se tornando icônica. O trabalho de estúdio de Kulig consiste em pinturas e desenhos geralmente feitos em séries que exploram as suas vulnerabilidades emocionais.

ABORDAGEM DO PROJETO JUSTE UN CLOU
Juste Un Clou de Cartier foi concebida nos anos de 1970 em Nova York. Era uma época impulsiva e selvagem em que algo banal poderia se tornar extravagante — é só falar com alguém que conheceu a Warhol’s Factory ou a Studio 54. Eu queria escolher palavras que refletissem aquela época, mas que fossem pertinentes ainda hoje e colocar essa joia cheia de emoção no centro, substituindo cada O. A letra O é tão redonda e inclusiva, ela se encaixou perfeitamente na ideia. Para mim, não se trata só de palavras. É a proposta do roteiro, a sua natureza impetuosa que me agrada.

ANEDOTA/HISTÓRIA DO TRABALHO
Eu crio muitos curta-metragens. Enquanto trabalhava nesse projeto, eu combinava vídeos de canteiros de obras com música clássica. Talvez tenha sido a forma do prego que me inspirou.

DEFINA A JUSTE UN CLOU EM UMA PALAVRA
Eterno

 

 

Molly Catherine Scannell

Molly Catherine Scannell

BIOGRAFIA
Eu sempre saio de fininho e, curiosamente, na maior parte do tempo, fico observando o mundo em segredo, enquanto ele gira ao meu redor, com um grande sorriso. Tudo o que eu faço é movido por paixão e desejo – estas são as minhas exigências mínimas.

ABORDAGEM DO PROJETO JUSTE UN CLOU
O processo é a minha parte preferida do trabalho. Sem exceção. Folhear revistas excelentes, consultar blogs, navegar pelo Pinterest e anotar os meus favoritos: isso me parece ser a coisa “certa”. A colaboração com a Cartier despertou extraordinariamente as minhas ideias. A mensagem Juste Un Clou era tão nova e honesta de se trabalhar – é o tipo de trabalho que eu adoro fazer: “O que deve ser lembrado sobre esta pulseira única é que a Juste Un Clou é mais do que um produto. Ela é uma alma, algo que você deseja, uma parte de você”. Como eu poderia NÃO estar empolgada por trabalhar com isso!

ANEDOTA/HISTÓRIA DO TRABALHO
Assim como com estranhos familiares, retirar a “identidade” na arte traz a oportunidade de contar uma história em larga escala ou em um nível totalmente diferente.

DEFINA A JUSTE UN CLOU EM UMA PALAVRA
Transformar

 

 

Andrew Westermann

Andrew Westermann

BIOGRAFIA
O artista, residente em Colônia, também é ex-modelo internacional. Durante o tempo que passou no universo da moda, ele aprendeu muito sobre arte e beleza. Uma combinação de suas viagens, sua fascinação pela morte e sua visão romântica da vida caracteriza as peças que ele cria. Pinceladas simples, mas elegantes, caveiras, poemas e cores contrastantes definem estas visões na arte de Andrew.

ABORDAGEM DO PROJETO JUSTE UN CLOU
Na minha opinião, a Cartier representa elegância, sofisticação e exclusividade. O desafio e também o processo emocionante da colaboração consistem em misturar estes ideais com os meus. Não opondo, mas complementando um ao outro. Acompanhando um belo objeto com uma pincelada elegante e a cor dourada. Acrescentando o misterioso vermelho-escuro que representa a Cartier e também os esqueletos que definem o meu estilo. Na minha percepção romântica do mundo, acho que, no fim, não passamos de ossos e amor e lágrimas. É a única coisa que todo mundo tem em comum.

ANEDOTA/HISTÓRIA DO TRABALHO
Se você não quiser ser esquecido pelo que você fez, então precisa deixar mais do que só ossos.

DEFINA A JUSTE UN CLOU EM UMA PALAVRA
Imortal