Anéis Trinity De Cartier

Três anéis. Três cores. Ouro rosa, ouro amarelo e ouro branco, entrelaçados de modo tão misterioso quanto harmonioso. O anel Trinity nasceu em 1924, fruto do espírito visionário de Louis Cartier. Jean Cocteau logo o adotou e, circundado pelo resplendor do mundo literário do poeta, o anel rapidamente adquiriu status de ícone. Três ouros. Três cores simbólicas: o rosa para o amor, o amarelo para a fidelidade e o branco para a amizade. Trinity, uma criação atemporal, agora disponível em uma coleção dedicada aos grandes amores de uma vida. “Trinity, all about you forever”.