Résonances de Cartier

Como uma onda, um sopro que percorre as pedras, envolve a dispersão da luz e prepara o ritmo de uma respiração. A pulsação é essencial, a oscilação continua, o ritmo é vital... De uma criação a outra, uma onda de energia se propaga. Descubra a nova Coleção Résonances de Cartier.
CTA Link

 

Williamson, Hope, Tereshchenko… Cartier sempre se dedicou a cruzar os destinos de pedras excepcionais, sublimando-as com estilo e luz. Diamantes brilhantes, diamantes coloridos, diamantes fabulosos... Todas essas pedras possuem uma história e a Cartier deixou sua marca lendária bem no coração dessa beleza eterna.

CTA Link

 

Tudo começa, quase sempre, com uma pedra. Depois vem uma ideia, um desejo, imagens... Surge então um croqui, que será a base da joia a ser criada.

O desenho contém em si o objeto em que se transformará. A ideia, de início apenas um esboço, evolui na mente do designer, que a projeta no espaço. Trava-se então um diálogo, imaginário ou real, entre ele e todos aqueles que farão parte da criação da peça. Os artesãos então se debruçam sobre aquilo que está no papel – o traço, as sombras, as cores – e se lançam na aventura de encontrar a mais perfeita tradução. É no segredo desse diálogo entre especialistas que a Cartier opera sua magia, transformando pedras preciosas e raras em objetos de joalheria.